Boletim 2016 – JAN/FEV/MAR • No 1 • ANO XL

0
430

Destaques desta edição do Boletim da Sociedade Brasileira de Reumatologia

O encanto de Uyuni & Atacama

E eu que fui embalado por essa música e esse refrão em minha terra natal, devido à alusão ao sol de janeiro a janeiro e às salinas norte-riograndenses de Macau, não tinha a menor ideia do que me esperava em território boliviano e chileno.

Pesquisa e ética

A realização de um projeto de pesquisa envolvendo seres humanos deve atender a fundamentos éticos e científicos pertinentes. Os fundamentos éticos são atualmente regidos pela Resolução n.º CNS 466/2012, baseada em referenciais de bioética, tais como autonomia, não maleficência, beneficência, justiça e equidade.

Estresse vai embora na quadra de vôlei

A reumatologista Cristiana Cury Lia tem apenas 1,60m de altura. Mas sai-se muito bem como levantadora de uma equipe master, com quem joga campeonatos regionais. E há muito tempo o vôlei faz parte de sua vida. Para ser mais exato, desde os tempos de escola.
Trabalho de reumatologista brasileira foi destaque no ACR 2015

No último Congresso Americano de Reumatologia (ACR), realizado na cidade de São Francisco, EUA, teve destaque um dos trabalhos de autoria da reumatologista Virgínia Trevisani, professora da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Residência do Cesupa foi pioneira no Pará

Programa foi criado em 2014 como natural continuidade do curso de Medicina do Centro Universitário do Estado do Pará (Cesupa). Trata-se da continuidade natural da graduação do curso de Medicina dessa instituição.

Para onde apontam os olhos de Glass?

A história do lendário aventureiro Hugh Glass (1783-1833), revivido por Leonardo DiCaprio em “O Regresso” (The Revenant), é de tirar o fôlego. Guia da expedição do general Ashley, Glass foi abandonado para morrer por aqueles que deveriam guardá-lo pelo menos até a hora em que só lhe restasse um enterro digno.

Wegener: um relato e uma polêmica

Friedrich Wegener foi um importante patologista alemão, responsável pelo melhor relato, feito em 1936, de uma entidade que durante muito tempo levou o seu nome, mas que, por razões que serão discutidas adiante, passou a ter outra designação.

Download do PDF

Deixe uma resposta