Boletim 2016 – JUL/AGO/SET • No 3 • ANO XL

0
1251

Um dos destaques desta edição do Boletim SBR é a reportagem sobre gestão de conflitos, citada pela autora do texto como essencial na relação médico-paciente. A profissão médica é um terreno propício para a construção de conflitos.

Destaques desta edição do Boletim da Sociedade Brasileira de Reumatologia

Gestão de conflitos é essencial na relação médico-paciente

A profissão médica é um terreno propício para a construção de
conflitos. Além de sermos humanos, com valores próprios preferências,
dificuldades e problemas pessoais, lidamos com pacientes
que estão envolvidos com algum tipo de emoção: dor, angústia,
desespero, raiva, medo e insegurança.

Pediatria e reumatologia: encantamento pelas duas áreas

Nesta edição, finalizamos a série de depoimentos de reumatologistas pediátricos,
com os relatos dos fatos que determinaram a escolha de cada uma das especialidades.
Falam Luciana B. Paim, Maria Vitória Quintero e Marco Felipe Castro da Silva.

Resultado de enquete mostra plena satisfação com Boletim SBR

Os dados enviados nas respostas dos sócios demonstram que 26,8% dos leitores consideram o Boletim da SBR excelente, 37,8% muito bom, e apenas 4,9%, ruim.

A ética da indústria farmacêutica

O relacionamento entre os médicos e a indústria farmacêutica é um dos temas mais complexos quando se analisa sob o olhar da ética. Enquanto a ética médica é tema tradicional, ensinado em nossas escolas médicas desde o tempo de Hipócrates há mais de 2.500 anos, o mesmo não ocorre na área industrial e comercial. Apenas recentemente as reflexões éticas passaram a fazer parte do dia a dia da indústria.

Serviço em Uberlândia foi criado para apoiar disciplina de Reumatologia

Em 1982, foi criado o serviço de reumatologia, pelos docentes dr. Ben-hur Braga Taliberti e o dr. Paulo Eduardo Martins, para dar suporte à disciplina de reumatologia dentro do módulo de Clínica Médica II.

Download PDF

Deixe uma resposta