Sobre a Revista Brasileira de Reumatologia

A Revista Brasileira de Reumatologia, órgão oficial da Sociedade Brasileira de Reumatologia, é uma publicação bimestral destinada à difusão do conhecimento gerado pela reumatologia brasileira.

Imagem do Artigo

Informaçoes básicas:

REVISTA BRASILEIRA DE REUMATOLOGIA

Editores: Marcos Renato de Assis e Roberto Ezequiel Heyman.

Co-editores: Francisco Airton Castro Rocha, Max Victor Carioca Freitas, Mittermayer B. Santiago, Paulo Louzada-Junior, Ricardo Fuller, Ricardo M. Xavier.

A Revista Brasileira de Reumatologia (RBR), órgão oficial da Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR), foi fundada em 1957 e é publicada bimestralmente. A RBR nasceu da necessidade de se criar um órgão oficial da SBR que pudesse divulgar a produção científica dos reumatologistas brasileiros. A direção inicial coube a Waldemar Bianchi, então presidente da SBR, Hilton Seda, Secretário-Geral, e Ayrthon Ferreira da Costa, e o primeiro número foi publicado em setembro de 1957. Em seu primeiro ano, a RBR teve duas edições (setembro e dezembro), passando a quatro já no ano seguinte. Por vários anos a revista teve como diretor Waldemar Bianchi e como redator Ayrthon Ferreira da Costa. Após sofrer uma série de entraves comerciais (o que chegou a provocar a sua suspensão em 1969), a RBR, então sob a editoria de Edgard Atra, tem o primeiro número do volume 14 publicado em julho de 1974, ano em que foram publicadas quatro edições.

Regularizada a questão comercial, em 1977 a revista já saía com cinco números anuais e, a partir do volume 18 (1978), passou a seis números, sua periodicidade atual. Edgard Atra manteve-se como editor até agosto de 1984, sendo substituído por João Francisco Marques Neto. Em setembro de 1988 assume Lílian Tereza Lavras Costallat. Em 1992, Hilton Seda foi designado editor, sendo substituído por Emilia Inoue Sato, Marcos Bosi Ferraz e Luís Eduardo Coelho Andrade como editores, e Edgard Atra como editor sênior em novembro de 1994. Em 1997, Luís Eduardo Coelho Andrade permanece isoladamente como editor, até setembro de 1998, ocasião em que assume Natalino Hajime Yoshinari. Em novembro de 2000 assume como editora Iêda Maria Magalhães Laurindo, e como coeditores Eloísa Silva Dutra de Oliveira Bonfá, Hilton Seda e João Carlos Tavares Brenol, composição essa mantida até novembro de 2002, ocasião em que a revista foi prestigiada com a inclusão de um novo coeditor, Isídio Calich. Em novembro de 2004, a RBR passou a contar com dois editores, Lais Lage e Roger Abramino Levy, mantendo-se como coeditores os mesmos integrantes da gestão anterior.

ísa Silva Dutra de Oliveira Bonfá, Hilton Seda e João Carlos Tavares Brenol. A partir de outubro de 2008 a RBR passou a ter como editores Mittermayer Barreto Santiago e Ricardo Fuller mantendo-se os mesmos coeditores. A RBR, em sua trajetória, tem sido objeto de constantes mudanças, sempre visando ao seu aprimoramento e revitalização, tanto em sua apresentação como em seu conteúdo. A Associação Médica Brasileira passou a publicar a Revista em 1979, sendo substituída consecutivamente pela Redprint Editora Ltda, Etcetera Editora, Congress Update Editora Company e Segmento Farma. Em janeiro de 2009 a Elsevier foi contratada para editorar a RBR e ela passou a ser publicada em português e inglês. Como fruto do excelente trabalho dos editores Mittermayer Barreto Santiago e Ricardo Fuller e do apoio incondicional da Sociedade Brasileira de Reumatologia, no ano de 2010, a RBR passou a ser indexada no PubMed/Medline, permanecendo com conteúdo bilíngue até os dias de hoje. Em julho de 2012, sob a direção dos Editores Paulo Louzada-Junior e Max Victor Carioca de Freitas, a RBR passou a fazer parte da Web of Science. Atualmente, temos como editores, Marcos Renato de Assis e Roberto Ezequiel Heyman.

Fontes de indexação:

• Web of Science
• PUBMED/MEDLINE
• A Scientific Electronic Library Online – SciELO
• Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde – LILACS
• Scopus
• Index Copernicus

Escopo e Política:

A Revista Brasileira de Reumatologia (RBR) publica artigos sobre temas reumatológicos e correlatos, após análise por seu Conselho Editorial. A RBR é catalogada no Web of Science, PubMed/MEDLINE, LILACS (Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde), Scopus, Index Copernicus e SciELO (Scientific Electronic Library Online).

Ao submeter o manuscrito, os autores assumem a responsabilidade de o trabalho não ter sido previamente publicado nem estar sendo analisado por outra revista. Os manuscritos devem ser inéditos, ter sido objeto de análise e com anuência de todos os autores.

Artigos aceitos para publicação passam a ser propriedade da revista, não podendo ser reproduzidos sem consentimento por escrito.

A abreviatura de seu título é Rev. Bras. Reumatol., que deve ser usada em bibliografias, notas de rodapé e em referências bibliográficas.

Patrocinadores:

A publicação recebe financiamento dos Fundos Remanescentes da Sociedade Brasileira de Reumatologia – SBR.

Imagem do Artigo